Equivalência Farmacêutica


Medicamentos são considerados farmaceuticamente equivalentes se eles contiverem os mesmos ingredientes ativos, a mesma forma de dosagem, rota de administração e que sejam idênticos em consistência e concentração.

A equivalência farmacêutica de medicamentos é formulada para conter a mesma quantidade de ingrediente ativo na mesma forma de dosagem e para ter a mesma semelhança de outros padrões aplicáveis, tais como consistência, qualidade, pureza e identidade. Porém a droga pode diferenciar em características como forma, apresentação, embalagem, recipiente (incluindo cores, gosto e conservantes), data de validade e com algumas restrições, rótulos.

      Home    Mídia    links    Mapa